Hora Certa
Últimos assuntos
» Excessos, sempre os excessos
por Fernando Nunes Qui 5 Mar 2015 - 16:37

» Conhecendo as Missões
por Fernando Nunes Qui 5 Mar 2015 - 14:28

» Só Animais
por CarlosCareca Qua 28 Maio 2014 - 15:34

» Só Preto e Branco...
por CarlosCareca Sex 10 Jan 2014 - 22:22

» Só paisagens
por CarlosCareca Qui 17 Out 2013 - 15:13

» Só pôr do sol
por CarlosCareca Ter 27 Ago 2013 - 9:00

» Onde o Corpo pagou e a Alma penou
por CarlosCareca Dom 21 Jul 2013 - 22:13

» Lagoa Azul Lagoa dos Patos Mostardas Tavares
por CarlosCareca Ter 23 Abr 2013 - 9:12

» Ruinas do Cassino e Parque do Saiqui em Canela
por CarlosCareca Seg 15 Abr 2013 - 21:27

» Só Flores...
por CarlosCareca Seg 15 Abr 2013 - 14:23

» Resumo do verão
por CarlosCareca Dom 17 Mar 2013 - 1:33

» Só esportes
por Geovane Rediss Ter 12 Mar 2013 - 21:02

» Só Panning
por Geovane Rediss Ter 12 Mar 2013 - 21:00

» Picada Café em um Click
por Juliano Dias Dom 10 Mar 2013 - 22:19

» Cavalgada 2013 - Praia da Ancora(Arroio do Sal - RS)
por CarlosCareca Qui 7 Mar 2013 - 10:07

SINOS Foto Clube web site
Visite nosso site
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Previsão do Tempo
Fale com o SFC

Clique aqui para falar com o SFC, se apresentar, solicitar informações sobre como ingressar no clube, etc.

12 vícios das galerias de foto na web

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

12 vícios das galerias de foto na web

Mensagem por Murilo em Qui 13 Nov 2008 - 8:30

Sei que o texto é meio longo, mas vale a pena. Quem nunca cometeu um desses vícios.




12 vícios das galerias de fotos na Web

Este artigo é inspirado no formato de "Os 12 Pecados do Fotografo Amador", um texto de sucesso que acaba de virar (com melhoramentos e fotos de exemplo) uma matéria na revista Mac+. Isto não é para ser levado a sério demais: pessoas sem senso de humor ou que se ofendem por qualquer motivo não terão sua vida facilitada nos comentários. Posto isso, à diversão, pois!


1. Postar uma galeria inteira só de retratos coletivos de festas, reunindo dezenas de amigos, com todo mundo reduzido a um bolo de cabecinhas sorridentes ou a uma fileira de corpinhos de pé, todos na mesma pose e ângulo. Entendo que o momento dessa captura é especial, mas vá por mim, esse tipo de fotografia só tem sentido nos seguintes casos: como pôster de time de futebol, em cenografia de filme de máfia ou em jornal interno de fábrica. Câmeras digitais deveriam automaticamente recusar-se a produzir fotos desse gênero, porque a possibilidade de elas saírem horríveis é imensa. Pior ainda: se você tirar a foto grupal com o flash da sua compacta ativado, avermelhando os olhos e empastelando as feições de todo mundo, a sua passagem para o inferno das boas intenções fotográficas vai custar só meia.

2. Procedimento popular no Fotolog: colocar um auto-retrato verdadeiramente bonito e na legenda dar uma desculpa do tipo "falsa humilde", como: "vai essa foto velha porque não tinha outra", "estou gorda mas paciência", "não repare no cabelo", "momento de tédio", "apesar de tudo eu gostei". Tudo isso é código para "eu me acho a última Coca-cola do pacote" ou "sou a última bolacha do deserto". Nada contra a vaidade em si mesma, pois ela só é problema para seus(uas) rivais. Mas por que não exercitar a atitude blasé através do silêncio, que ficaria muito mais elegante?

3. Postar auto-retratos que foram originalmente feitos junto com um(a) ex-namorado(a), mas cortando fora a companhia. Sempre dá para perceber a cabeça inclinada para o lado, encostando na pessoa que foi excluída do corte. Dela ainda permanece a mão segurando o seu ombro pelo outro lado. Desculpe se choca a minha veemência, mas esse tipo de edição é porco. Inaceitável. Não faça isso, mesmo que a alternativa seja apelar para aquela 3x4 antiga e com cabelo ridículo que consta do seu RG.

4. Postar no orkut ou MySpace retratos de webcam, feitos com uma lente imunda, cheios de ruído, sem foco, com cores erradas, fundo poluído, sem luz adequada, enfim, nada que se aproveite. Não estamos mais em 1998. Câmeras de celular já tiram fotos muito melhores. Esforce-se um pouco. Respeite a própria imagem. Aos que fotografam com filme: postar scans de fotos em papel com as cores completamente podres não passa automaticamente por "arte"; aprenda a controlar a exposição e também a tratar o scan!

5. Montar no Photoshop um imenso mosaico de fotos com todas as suas amizades, jogar o resultado no orkut e esperar que as amizades se reconheçam em cabecinhas borradas com 20 pixels de altura. Algumas dessas montagens são positivamente enfurecedoras quando incorporam deformações acidentais na razão de aspecto, efeitos descontrolados de alto-contraste, bordas decoradas com margens, recolorizações sem sentido, poemas digitados em fontes grunge e sombras artificiais. (Se não sabe o que é razão de aspecto, honestamente, não era para você ter botado a mão no Photoshop em primeiro lugar!)

6. Apresentar-se no perfil como "Fulano Fotógrafo". Isso é mais comum no orkut do que no Flickr, mas existe em ambos. É compreensível a sua vontade de capitalizar com o glamour que os leigos enxergam na atividade (mesmo que seja um charme falso no dia-a-dia, já que fotógrafo profissional trabalha muito mais e se diverte muito menos do que o povo pensa). Também tem tudo a ver a pessoa ser apaixonada pela profissão, pois como fusão entre arte e técnica, a fotografia é maravilhosamente complexa e absorvente. Por fim, você pode ter interesse em divulgar sua atividade para obter novos clientes. Mas pense bem: colocar "Fotógrafo" como seu sobrenome num site de rede social é tosco! Pronto, falei. Desculpe. (Adendo: colocar "Fotógrafo Profissional" deixa o seu nome ainda mais jeca! "Fotógrafo Designer", então, deveria ser proibido por lei. Separar o nome da profissão com um sinal gráfico é atenuante.)

7. Exagerar nos elogios às fotos dos outros. Vá, fale sério, não é possível que você achou mesmo uma obra-prima aquele auto-retrato de espelho de banheiro, acidentalmente silhuetado, subexposto, imundo, tremido e depois colorido de roxo no Photoshop e trespassado por uma assinatura em tipo manuscrito. Tem certeza mesmo? Ou você é amigo da pessoa e quer escrever qualquer bobagem só para dar um oi? Está sexualmente interessado na pessoa e deseja deixar um sinal de que pensou nela? Ou, confesse, sua cultura visual ainda é pobre e rafereita de referências? Pode naturalmente ser o último caso, mas a Internet é o melhor meio já inventado para aprender sobre os variados estilos de fotografia. Analise as fotos de pessoas reputadas que não conhece. Separe méritos de amizades na hora de fazer julgamentos estéticos. Quem sabe você não ganha o coração da moça, dando uma dica para ela melhorar os auto-retratos de banheiro, ou até oferecendo-se para fazer as fotos dela.

8. Ficar viciado nos elogios às suas fotos. Não duvido que todos esses elogios e medalhinhas virtuais sejam sinceros, mas como falei acima, o bom senso das pessoas pode ser embotado por laços de amizade ou interesses sentimentais. Assim sendo, nunca fique dependente dos elogios. Se você quer evoluir na fotografia, aprenderá muito mais rapidamente recebendo críticas honestas quando cabível. Dê atenção especial aos contatos que sabem fazê-las.

9. Publicar a imagem mantendo o nome de arquivo original como título: coisas como IMG_1937.CR2, P1260522.JPG, Imagem 017.JPG, 00192198.NEF ou DSC01525.ARW. Isso indica que você não tem suficiente cuidado com o seu trabalho e só quer saber de obter visitantes rapidamente. Além disso, distrai os olhos de quem vê a imagem.

10. Postar dezenas de fotos redundantes de uma mesma sessão, sem fazer edição nenhuma. É raro no Flickr (e nunca acontece no orkut), mas alguns descarregam o cartão de memória da câmera diretamente no site e o photostream vira uma tediosa sequência de imagens quase iguais, como fotogramas de um vídeo. Só que o tempo dos visitantes é limitado. A capacidade de selecionar o melhor e descartar o pior é tão importante quanto tirar bem as fotos; é uma habilidade essencial para um fotógrafo. Já desisti de visitar os sites de pessoas que postam fotos por atacado, desvalorizando-as. Este problema pode vir combinado ao anterior, o das fotos intituladas pelo nome de arquivo.

11. Postar muitas fotos de cada vez. Analise as suas estatísticas de acesso e perceba que quase todo mundo só clica para ver de perto a última foto que foi carregada no site. Não importa o quanto o seu ensaio for interessante e suas fotos variadas; as pessoas na Internet têm uma atenção muito curta. As demais fotos do set elas contemplam por cima, pelas miniaturas na sua página principal, no melhor caso. A única pessoa que abre absolutamente todas as suas fotos é a sua mãe. Mantenha aceso o interesse dos visitantes, postando os ensaios a conta-gotas: apenas uma foto por dia.

12. Comentários em linguagem técnica e artística mal empregados ou sem sentido. A banalização e a diluição dos termos fotográficos já chegaram com tudo à Internet. Previna-se. Exemplos:
- "Boa luz" - A foto tem um fundo desfocado e uma luz do sol lamacenta, filtrada por uma janela acortinada. O contraste foi bombado no Photoshop. Alguém já aparece proclamando: "boa luz". Menos, menos.
- "Bom DOF" - É bom esclarecer que "DOF" há mais de século tem nome próprio em bom português, "profundidade de campo", e não existe nenhum motivo razoável para adotar uma sigla recém-importada, fora o pedantismo.
- "Lindo bokeh" - Essa palavra em japonês significa simplesmente "desfoque". É o mesmo caso de "DOF": só serve para demonstrar que você andou lendo os sites gringos de fotografia.
- "Adorei o movimento" - A imagem em questão é completamente estática; o que ela tem são algumas linhas e ângulos marcantes. Mas a isso não se chama "movimento", e sim "grafismo" ou "geometria".
- "Boa composição" - muitas vezes fala-se isso de uma foto que contém um elemento isolado, por exemplo, um retrato em close com um corte fechado e um pedaço de parede lisa para o lado, e em vez de "bom enquadramento" o panga fala em "boa composição". É uma confusão similar à de "movimento" com "grafismo".
- "Bonito tom" - Aqui a palavra "tom" pode estar sendo empregada erroneamente para descrever o matiz: vermelho, amarelo, verde, azul etc. Em fotografia, tom significa brilho, intensidade da luz numa escala que vai do branco ao preto. Cor é o resultado da combinação entre matiz e tom.
- "Belas cores" - Curiosamente usado para elogiar fotos dessaturadas no Photoshop. Quem entende?

Extraído na integra do site:
marioav.blogspot.com/2008/11/12-vcios-das-galerias-de-fot...

Por Mario Amaya

Murilo
Admin
Admin

Masculino Número de Mensagens : 695
Idade : 44
Localização : Novo Hamburgo
CISFC: : ***
Data de inscrição : 04/11/2008

http://www.flickr.com/murafotos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 12 vícios das galerias de foto na web

Mensagem por Convidad em Qui 13 Nov 2008 - 8:43

Muito bom, principalmente o item 12!

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum