Hora Certa
Últimos assuntos
» Excessos, sempre os excessos
por Fernando Nunes Qui 5 Mar 2015 - 16:37

» Conhecendo as Missões
por Fernando Nunes Qui 5 Mar 2015 - 14:28

» Só Animais
por CarlosCareca Qua 28 Maio 2014 - 15:34

» Só Preto e Branco...
por CarlosCareca Sex 10 Jan 2014 - 22:22

» Só paisagens
por CarlosCareca Qui 17 Out 2013 - 15:13

» Só pôr do sol
por CarlosCareca Ter 27 Ago 2013 - 9:00

» Onde o Corpo pagou e a Alma penou
por CarlosCareca Dom 21 Jul 2013 - 22:13

» Lagoa Azul Lagoa dos Patos Mostardas Tavares
por CarlosCareca Ter 23 Abr 2013 - 9:12

» Ruinas do Cassino e Parque do Saiqui em Canela
por CarlosCareca Seg 15 Abr 2013 - 21:27

» Só Flores...
por CarlosCareca Seg 15 Abr 2013 - 14:23

» Resumo do verão
por CarlosCareca Dom 17 Mar 2013 - 1:33

» Só esportes
por Geovane Rediss Ter 12 Mar 2013 - 21:02

» Só Panning
por Geovane Rediss Ter 12 Mar 2013 - 21:00

» Picada Café em um Click
por Juliano Dias Dom 10 Mar 2013 - 22:19

» Cavalgada 2013 - Praia da Ancora(Arroio do Sal - RS)
por CarlosCareca Qui 7 Mar 2013 - 10:07

SINOS Foto Clube web site
Visite nosso site
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Previsão do Tempo
Fale com o SFC

Clique aqui para falar com o SFC, se apresentar, solicitar informações sobre como ingressar no clube, etc.

Digital é melhor que filme????

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Digital é melhor que filme????

Mensagem por Lise Pereira em Qua 3 Ago 2011 - 23:59

Em rodas onde estão fotógrafos de várias gerações a discussão ainda persiste: qual o melhor meio para conseguir a tão almejada “qualidade máxima” na fotografia.
De um lado os 'velhos guerreiros', com argumentos ainda dos tempos de Daguerre (não sabe quem é? procura no Google!). Entre eles:
- a câmera digital ainda não tem a mesma qualidade do filme;
- o digital não tem as mesmas cores do filme;
- no preto e branco não há o mesmo charme de revelar manualmente e conseguir resultados únicos;
- sempre há a expectativa de como vai ficar o trabalho;
- entre tantos outros do gênero...
Em contrapartida, a nova safra de 'caçadores de imagens' também não deixa por menos:
- o filme dá muito trabalho para revelar;
- é possível ver o trabalho na hora e conferir se está tudo certo;
- há a edição digital para maior controle e liberdade de resultados;
- na era da comunicação global via internet, digitalizar fotografia é perda de tempo e qualidade;
- e mais alguns pormenores...
Antes de bater o martelo e justificar a afirmação/título deste texto, eis uma rápida análise dos dois dois 'tipos' de fotografia.

Fotografia com filme: independente do modelo de câmera ou tipo de filme adotado, o roteiro é basicamente o mesmo.
1 – Escolher o equipamento;
2 – Escolher o filme adequado (ASA é uma questão importante aqui, de acordo com a situação);
3 – Enquadrar, regular e clicar;
4 – Trocar o filme;
5 – Revelar o filme (e torcer para não dar problema), secar os negativos, fazer algumas provinhas para saber o tempo exato de exposição, ampliar, revelar e secar.
Se tudo correu bem, saiu uma foto.

A rotina acima é uma visão básica da coisa.
Agora, é hora de comparar diretamente cada passo com o mundo da fotografia digital:

1- Escolher o equipamento:
No filme, o fotógrafo tinha opções variadas de lentes e câmeras. Cada qual com função diferenciada. No digital, o mesmo ocorre, mas há vantagens: além das tradicionais SLRs, versões digitais das câmeras de filme, onde o sensor substitui o negativo, o mercado oferece câmeras compactas avançadas, dotadas de lentes poderosas e excelente qualidade de imagem. Oferecem alguns pontos negativos, mas para o dia a dia trazem a praticidade do tudo-em-um.

2 – Escolher o filme adequado:
Neste ponto a digital ganha fácil. Enquanto o filme tem sensibilidade fixa, a digital permite ao fotógrafo transitar entre as velocidades. Do nítido ISO100 ao poderoso ISO6400, o fotógrafo digital tem maior liberdade para captar imagens em diferentes condições de luz.

3- Enquadrar, regular e clicar:
O processo é quase idêntico. Quase!
A diferença, aqui, está justamente no fato da alteração de ISO na digital. O fotógrafo tem maior liberdade para criar efeitos, brincar com profundidade de campo...
Além disso, há uma série de novos recursos, como montagem de fotografias panorâmicas (automatizada, em alguns casos), sobreposições e o já consagrado HDR (olha o Google aí!).

4 – Trocar o filme:
Non exsistit. Enquanto o filme está limitado ao número de poses de cada bobina, na fotografia digital o limite é o cartão. E aí está a diferença. Enquanto um filme aceita, em sua maioria, no máximo 36 poses, um bom cartão de 4gb, com uma resolução razoável, guarda tranquilamente mais de 500 imagens.

5 – Revelar o filme (e torcer para não dar problema), secar os negativos, fazer algumas provinhas para saber o tempo exato de exposição, ampliar, revelar e secar:
Secar negativo e testar exposição em provinha, além de ficar enfurnado em uma sala escura por algumas horas, não fazem parte da rotina do fotógrafo 'digital'. Simplesmente, ao clicar, o fotógrafo confere o resultado no LCD. Se estiver tudo certo, ótimo. Caso contrário, basta refazer. E se a 'burrada' não foi muito grande, nada que a edição não resolva.

Ahamm! Sim, eu disse EDIÇÃO! (agora os puristas me apedrejam)

Não há mal algum editar uma imagem. Uma correção de luz aqui, um ajuste de corte acolá... Isso era feito no lab, apenas de uma forma diferente. Estou falando aqui em edição saudável, não de manipulação completa da imagem, com retirada ou acréscimo de objetos que mudar a história a ser contada. Que fique bem claro.

E, antes que algum saudosista de plantão venha dizer que é diferente, e mais difícil, fotografar com digital, segue um simples passo-a-passo de uso das SLRs:
- Coloque bateria e cartão de memória na câmera;
- Encaixe a lente que pretende utilizar;
- Ligue a câmera (a maioria vem com um botão indicando POWER ou PWR).
- Regule o ISO (essa é a grande novidade, e existe um botão específico para tal);
- Ajuste velocidade, abertura e enquadramento;
- Clique!

Pronto, foto feita. Agora basta conhecer o básico de informática para dar continuidade ao processo:
- Descarregue as imagens no computador;
- Faça um backup! (numa tradução livre: CÓPIA DE SEGURANÇA).
- Escolha as preferidas e envie para o laboratório de confiança, provavelmente via internet mesmo;
- Receba as fotos no conforto do lar, sem ter que tirar aquele cheiro maldito de revelador ou aquela gosma do fixador das mãos...

Considerações finais:

Os dados acima apresentados, de forma bastante informal, servem apenas para aumentar a discussão. Não penso em ser dono da verdade ou dizer quem é quem nessa história. O importante, mesmo, é estudar a técnica.
Equipamento não faz fotógrafo. Ajuda, mas não resolve. Com digital ou filme, a técnica ainda faz a diferença. Qualquer macaco treinado aperta um botão. Se for bem treinado, ainda faz foco manual. O treinamento do fotógrafo não está só nas mãos. Está no conjunto.

Ver uma bela imagem não faz de ninguém um bom fotógrafo. Ter uma excelente técnica também não. Ver uma bela imagem e captá-la com a técnica certa é o que realmente conta.

Com filme, digital, fotografia quântica(?!?!?)...tanto faz.


Fonte: http://www.forumdigitalfoto.com/threads/1508-Digital-%C3%A9-melhor-que-filme-sim-senhor

Lise Pereira
Admin
Admin

Feminino Número de Mensagens : 2503
Idade : 36
Localização : São Leopoldo- RS
Faz o que da vida : Bancária
CISFC: : **********
Data de inscrição : 27/10/2008

http://www.lisepereira.fot.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Digital é melhor que filme????

Mensagem por Yul Barbosa em Qui 4 Ago 2011 - 5:41

Belo Artigo!

Eu posso dizer que sou do tempo do filme. Aprendi a fotografar em 1995, com uma Olympus Trip (ou pelo menos comecei a fotografar, pq aprender até hj não aprendi Razz) e aprendi a revelar em laboratório em 1999, na disciplina de introdução à fotografia de publicidade da unisinos.

Acompanhei de perto essa evolução de ir do filme para o digital. Nunca fui purista de acreditar que uma foto é sagrada, não pode ser mudada. Em 99% dos casos é preciso uma edição de cor, ou de exposição. Não editar é a mesma coisa que exigir que um chef de cozinha só prepare alimentos SEM temperos, pois assim não alterará o sabor original.

Sendo sincero, até gostaria de fotografar com filme, mas não está me fazendo falta. O digital não veio pra simplificar o processo, e sim pra muda-lo. Carros com carburador e carros com injeção eletrônica produzem o mesmo resultado (o carro anda!). Gosto do charme de um V8 roncando, assim como gosto do charme de estar trancado numa sala escura, esperando a imagem ficar pronta. O processo analógico é mais caro, e produz o mesmo resultado (a fotografia em sí), apenas o "charme" é diferente.

Quanto a filme ter mais resolução, a do filme é de 320MP aproximadamente (para filmes de ISO 25, o mais baixo e com a menor granulação possível), enquanto a câmera com maior resolução acessível para o consumidor comum seja 26MP (me corrijam, por favor), levando em consideração valor.

Eu sou da crença de que tudo que dê mais facilidade para produzir é melhor (ou alguém ai ainda lava roupas no tanque, e diz que não vai comprar uma máquina porque ela facilita demais as coisas?)

_________________
_______________________________________
Yul Barbosa - http://www.yulbarbosa.com
www.facebook.com/ymbarbosa
www.facebook.com/yulbarbosa (Fan Page)
www.flickr.com/photos/ymbarbosa
@ymbarbosa

Yul Barbosa
Caladão
Caladão

Masculino Número de Mensagens : 172
Idade : 36
Localização : São Leopoldo
Faz o que da vida : Fotógrafo
Data de inscrição : 24/01/2011

http://www.yulbarbosa.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Digital é melhor que filme????

Mensagem por gmazza em Sex 5 Ago 2011 - 20:18

Excellente artigo para ser discutido aqui, especialmente porque todos no grupo possivelmente possuem equipamentos dos dois fomatos.

A questão da resolução seria um dos pontos mais interessantes, de uma forma metrica, o filme apresenta maior resolução, os já citados filme em PB iso 25, o médio formato ainda está no dominio do filme e o formato grande, até uma placa de prata de 1890 tem mais resolução que a maioria das capturas digitais. No entanto para atingir essa resolução são necessários processos quimicos e de escaneamento complexos, ou fotografar em formatos grandes que somente uma fração dos fotografos utilizam. O contraponto fica em analisar a questão da resolução de uma forma prática, já que a maioria dos usuarios de digital DSLR utiliza sensor APS-C e o filme para a maioria dos usuários é 35mm iso 100 até 400 o qual costuma ser escaneado com scanner de mesa que resulta em uma resolução efetiva não muito maior que 1MP, na maioria dos casos, então retirado as exceções o digital tem maior resolução.

A questão do preço também é paradoxal, por mais que pareca uma vantagem das digitais, que oferecem clicks gratuitos, e aprendizado mais rápido, as mesmas na sua maioria sofrem de obsolência programada e justificam sua aquisição por quem pretende fazer um número grande de fotos. Para o usuário que tem uma digital APS-C e gostaria de utilizar uma full frame para apenas algumas fotos, o custo de aquisição de uma full frame que ficara obsolenta em 3 anos pode não valer a pena. Nesse caso, o filme apresenta um ingresso barato para a fotografia full frame e se o número de fotos for pequeno é possivel comprar filme balanceado para a pele somente ou para saturação de cor, aquilo que se deseja, economizando tempo na frente do computador. De fato é possivel conseguir máquinas de filme legendárias por preços quase simbolicos. E quanto mais se aumenta a superficie de captura, seguindo para médio formato, mais economico se torna o uso de filme.

Do ponto de vista de mercado não há dúvida o digital massacrou o analogico, os fabricantes de filme não produzem mais hoje nem 1/100 do que produziam quando o filme era "mainstream media". Muito disso vem da grande facilidade de uploadear quase em tempo real as fotos.

Já do ponto de vista de registro é dominio do filme, a justiça fala em negativos como meio de prova, o arquivamento é atemporal (vc sempre podera escanear um slide mas pode ter dificuldade de decodificar um arquivo RAW daqui há 20 anos).

Do ponto de vista artístico há um certo retorno do filme, até plug-ins que simulam filme, então, porque simular se pode utilizar a coisa real ? Concordo com o exemplo do carro V8, ter um para uma volta curta no final de semana por ser um bom pedaço de lazer (mas o custo de uma revelação é mais barato que a gasolina).

A minha opinião, já que nos ultimos anos a aquisição de ambos ficou tão facilitada, porque não os dois ?

_________________
Flickr:
http://www.flickr.com/photos/gmazza
Blog:
http://www.gmazza.com/

gmazza
Só observando...
Só observando...

Masculino Número de Mensagens : 18
Idade : 41
Localização : Teutonia
Faz o que da vida : Medico
Data de inscrição : 11/07/2011

http://www.gmazza.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Digital é melhor que filme????

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 11:16


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum